6 habilidades que os jovens líderes precisam desenvolver para o século 21

Madlen Popignatova 17
September 3rd, 2021
Article by: Sophie Poulsen
6 habilidades que os jovens líderes precisam desenvolver para o século 21

2020 is putting everyone's leadership skills to the test.

 

For young leaders in particular, the COVID-19 pandemic has presented yet another global and economic challenge that they will have to overcome in their lifetimes. Deloitte's Global Millennial Survey 2020 calls this group a "resilient generation: in the face of unprecedented health and economic disruption caused by the pandemic, millennials remain committed to their values and beliefs."

 

The Deloitte survey reveals that the pandemic has reinforced young leaders' desire to drive positive change and push their businesses and leaders to make the world a better place.

 

Young leaders have the power to guide us through these challenging times and lead us toward better futures. In our new program for emerging leaders, we focus on six skills we believe will make them stronger leaders:

2020 está colocando à prova as habilidades de liderança de todos.

Para os jovens líderes em particular, a pandemia da COVID-19 apresentou mais um desafio global e econômico que eles terão que superar em suas vidas. A Pesquisa Global Millennial 2020 da Deloitte chama este grupo de “geração resiliente: diante das perturbações sanitárias e econômicas sem precedentes causadas pela pandemia, os millennials permanecem comprometidos com seus valores e crenças”.

A pesquisa da Deloitte revela que a pandemia reforçou o desejo dos jovens líderes de impulsionar mudanças positivas e impulsionar seus negócios e lideranças para fazer do mundo um lugar melhor.

Os jovens líderes têm o poder de nos guiar por meio destes tempos desafiadores e nos conduzir para um futuro melhor. Em nosso novo programa para líderes emergentes, nos concentramos em seis habilidades que acreditamos que os tornarão líderes mais fortes:

1. Mentalidade voltada ao propósito

Tudo começa com o propósito. Um estudo da PwC descobriu que 79% dos líderes empresariais acreditam que o propósito de uma organização é central para o sucesso empresarial, mas 68% compartilharam que o propósito não é um referencial quando se trata de tomar decisões dentro de sua organização.

Os jovens profissionais querem sentir um senso de propósito pessoal e profissional. Se seu propósito estiver alinhado ao propósito de sua organização, eles têm 5 vezes mais chances de permanecer em sua empresa, de acordo com o mesmo estudo.

Como você obtém significado de seu trabalho?

Conheça o que o motiva no Programa de Líderes Emergentes da THNK >>>

2. Influenciando sem autoridade

Você não precisa ser o CEO, o investidor, ou mesmo a pessoa mais experiente na sala para ter influência.

Embora um título gerencial possa ser uma das fontes mais óbvias de autoridade, não é esta a única posição de onde vem a influência. Há muitas fontes de autoridade que você pode aproveitar para inspirar OS outros a seguir sua liderança, tais como:

  • Sua experiência.
  • Seus relacionamentos.
  • Seu entendimento organizacional.

Como você pode influenciar sem ser autoritário?

Conduza mudança a partir de qualquer nível de autoridade no Programa de Líderes Emergentes da THNK >>>

skills young leaders
Você não precisa ser o CEO, o investidor, ou mesmo a pessoa mais experiente na sala para ter influência. #influencia #jovenslideres #lideresemergentes #habilidadesdelideranca #liderescriativos Click To Tweet

3. Formação de visão

Definimos a formação de visão como “o processo de apresentar ideias revolucionárias”. A complexidade atual exige ideias e soluções criativas – mas não é preciso ser um visionário para se ter uma visão.

Na THNK, usamos métodos únicos de formação de visão – desde o reenquadramento, passando pelo backcasting até o esboço cerebral – para ajudar os líderes a apresentar ideias grandes e ousadas, causando um impacto positivo.

Embora o processo de cada um seja diferente, aqui estão algumas dicas para que você comece a formar sua visão:

  • Procure por inspiração em lugares inesperados.
  • Vá devagar.
  • Fique à vontade para assumir riscos (e experimentar coisas novas!).
  • Renda-se à experiência (sabemos que isto é mais fácil de dizer do que fazer).

De onde vêm as boas ideias? Como surgem as ideias?

Descubra o processo de criação de ideias revolucionárias no Programa de Líderes Emergentes THNK >>>

4. Gestão de conflitos

O conflito não tem que ser uma coisa ruim. Na THNK, um de nossos valores é que somos “alimentados por nossas diferenças.” Acreditamos que nossas diferenças nos fortalecem.

O especialista em liderança Dale Carnegie disse uma vez: “Ao lidar com pessoas, lembre-se de que você não está lidando com criaturas de lógica, mas com criaturas de emoção”. Os líderes podem administrar conflitos e facilitar o que gostamos de chamar de “conflito saudável”, proporcionando um ambiente seguro para que as pessoas compartilhem suas emoções e deem feedbacks de maneira construtiva e que leve a um crescimento e mudança positivos.

Recomendamos a escuta ativa como uma das formas eficazes de resolver conflitos – e sempre é bom lembrar que nunca custa fazer as perguntas certas.

Como você costuma administrar um conflito e como os outros o fazem de maneira diferente de você?

Explore uma variedade de ferramentas para administrar conflitos interpessoais >>>

skills young leaders
A complexidade atual exige ideias e soluções criativas – mas não é preciso ser um visionário para ter uma visão. #formarvisão #criatividade #lideranca #complexidade #ideas #lliderancacriativa #jovenslideres #lideresemergentes Click To Tweet

5. Resolução criativa de problemas

Como líder, você enfrentará muitos problemas enquanto cresce; desde o desenvolvimento de novos produtos e serviços até a resolução de problemas operacionais e o desenvolvimento de novas estratégias. Nenhum problema é o mesmo – na verdade, os problemas vêm em diferentes arquétipos e cada arquétipo requer uma técnica diferente de solução de problemas.

Os líderes com habilidades adaptáveis de solução de problemas são capazes de usar a ferramenta certa para enfrentar o problema certo, alcançando assim o crescimento e o sucesso organizacional.

Você adapta sua abordagem de resolução de problemas ao tipo de problema que você enfrenta?

Descubra como usar o método certo de resolução de problemas para o problema certo >>>

6. Reframing

Não vamos resolver problemas com o mesmo tipo de pensamento que os criou.

A inovação acontece quando você desafia a sabedoria convencional, permitindo que você veja as coisas por uma perspectiva diferente. Pesquisas mostram que mudar de opinião é fundamental para o crescimento. Isso se chama plasticidade neural: cada vez que aprendemos algo novo, os caminhos neurais do cérebro são modificados para acomodar as novas informações.

Em muitas organizações, muitas vezes nos dizem: “É assim que fazemos aqui”. Mas a liderança criativa é aquela que desenterra suposições e fica à vontade com a contradição, o paradoxo e a ambiguidade para descobrir novas possibilidades.

Com que frequência você muda de ideia?

Pratique uma ferramenta poderosa e criativa para olhar para as coisas por uma perspectiva diferente >>>

 

Este artigo foi publicado originalmente (em inglês) no blog da THNK.

Para desenvolver suas habilidades de liderança e gerenciamento como líder emergente, junte-se ao Programa de Líderes Emergentes THNK.